Cartório Mais

Cartório Mais: franquia em um mercado em expansão

Você acha difícil obter os documentos de que precisa em sua cidade? Imagine, então, em outro Estado.

Nessas horas, somente com a ajuda de um serviço especializado, como o das franquias Cartório Mais para poder “salvar” a pessoa.

Como sempre fazemos aqui no site, o primeiro item que abordamos é a análise de mercado do negócio. Afinal, não adianta de nada uma franquia de sucesso, conhecida ou com bom material publicitário, se o mercado é pequeno ou está saturado.

O mercado dessa franquia

Se você não esteve ausente do planeta nos últimos 20 anos, deve ter percebido o quanto os hábitos das pessoas têm mudado.

Antes as pessoas nasciam e, em geral, viviam toda a vida naquele local. Quando muito, mudavam para um bairro próximo. A mobilidade, não só por haver precárias rodovias e pelo preço dos automóveis naquela época, mas também pelos hábitos das pessoas, era muito mais limitada.

Hoje, a situação é diferente. Você já viu:

  • Jovens morando em cidade diferente dos pais, enquanto cursam faculdade (o acesso à faculdade aumentou muito);
  • Pessoas que foram trabalhar em uma cidade onde abriu-se uma nova fábrica (em MG abrem uma nova a cada dia, em cidades próximas, ou não, a Belo Horizonte).
  • Pessoas que trabalham cada vez mais viajando: representando produtos, prestando consultoria ou manutenção por todo o país.

Talvez essa seja até a realidade de você, leitor, nesse momento!

Como os hábitos mudaram, as necessidades das pessoas também mudaram. Agora é cada vez mais comum uma pessoa em Porto Alegre precisar de uma certidão de um imóvel na Bahia, ou de uma Junta Comercial em Goiás. Dá para imaginar o custo de passagens aéreas, hotéis e táxis para ir pessoalmente atrás desses documentos? Não consigo nem imaginar.

As franquias Cartório Mais

Não tenho nem noção dos serviços prestados. Quais seriam?

Bom, há uma infinidade, só para começar: Receita Federal, INSS, Cartórios, Tribunais, Faculdades, Bancos, Secretarias estaduais (como o Detran), municipais, e até igrejas.

Por que se tornar franqueado?

Se você procura um serviço inviável de operar com uma unidade isolada, agora encontrou. Pelo próprio tipo de serviço prestado pela franquia, somente com uma grande rede, ramificada por todo o país será possível:

  • captar clientes em outras cidades, que precisem de serviços na sua localidade;
  • ter um parceiro (outro franqueado) em qualquer lugar do Brasil, para buscar ou levar os documentos que seu cliente precisa.

Qual o capital necessário?

A rede tem mais de 360 unidades e apresenta os seguintes números, de uma maneira geral:

  • Taxa de franquia: de 35 a 150 mil reais;
  • Capital de giro: de 7 a 20 mil reais;
  • Faturamento médio mensal: 55 mil reais.

 

Outros formatos da franquia:

Cartório Mais Compact: as franquias baratas do modelo

Em cidades de até 35 mil habitantes, com apenas 9 mil reais você já pode abrir sua unidade. Valor que passa a 50 mil reais em cidades de 100 mil habitantes.


 

Cartório Mais Aqui

Nesse modelo, sua farmácia, mercado ou loja de conveniência pode prestar pequenos serviços para a rede.

Cartório Mais: franquia em um mercado em expansão
3.08 (61.67%) 12 votes
Gostou do post? Melhor do que tudo que você vê por aí?
Receba GRÁTIS, UMA VEZ por mês, nossas super-dicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *