italianinha máquina de sorvete

Italianinha, uma máquina de sorvete e de lucro (usada ou nova!)

Hoje eu vou falar da Italianinha, uma excelente opção para quem já tem um comércio e quer turbinar o faturamento, mas não sabe como.

Ou ainda, para você que é empreendedor nato e não tem vergonha de abordar os comerciantes de sua região para fazer uma proposta de arrendamento de um espaço na loja dele, ou, em último caso, de uma parceria (sem entregar o jogo de cara, pois você correria o risco de ele querer fazer por conta própria).

Italianinha, o que é?

Nesse Brasilzão em que vivemos, é claro que há gente que não conhece a Italianinha.

Italianinha é uma máquina de sorvete produzida por uma indústria de mesmo nome, com cerca de 20 anos de tradição no mercado brasileiro e que é, sem dúvida, a máquina para fazer sorvete mais vendida do país.

Como é o sorvete expresso Italianinha?

É aquele sorvete pastoso, igualzinho ao do McDonalds, que cai na dose certa dentro da casquinha (você não precisa de medir) e custa entre 1,00 e 2,00 (me desculpem se eu estiver desatualizada) na maior parte do país.

Compra por impulso

Os centros urbanos são lugares quentes, quentes mesmo. Automóveis, asfalto, prédios, tudo isso reflete a luz solar e faz a temperatura subir às alturas.

Os consumidores andam pelas calçadas à procura de algo que precisam de comprar, ou mesmo as pessoas que trabalham em determinada região podem, simplesmente, estar regressando do almoço e se deparam justamente com uma máquina Sorvete Italianinha.

É claro que muita gente tem essa necessidade de algo doce depois do almoço (como sobremesa), ou apenas vai dar para uma criança como recompensa por ela estar quietinha com a mãe enquanto essa circula pela cidade. Não há como resistir, o preço é muito baixo e é isso que faz o faturamento de quem tem uma Italianinha ser tão bom.

Italianinha: Faturamento e Retorno do Investimento

O retorno depende do fluxo de movimento no ponto comercial que você escolher.

Há casos, em regiões muito movimentadas, em que após 3 meses o empreendedor tenha obtido retorno do capital investido.

Há uma estimativa de custo de matéria-prima na faixa de 25% do valor da venda, ficando 75% como margem para o dono da Italianinha.

Dessa maneira, supondo os volumes de venda abaixo, você teria os seguintes resultados:

Fluxo Vendas Valor Venda R$ Custo R$ % Margem de lucro %
Médio 33 sundae
167 casquinhas
7.680,00 1.890,00 25 5.790,00 75
Médio-alto 83 sundae
417 casquinhas
19.230,00 4.710,00 25 14.520,00 75
Alto 167 Sundae
833 casquinhas
38.520,00 9.372,00 25 29.148,00 75

 fonte: Planeta das Máquinas

Mas como operar, limpar e como é a assistência técnica da Italianinha?

Quando a máquina chega para o cliente, o distribuidor envia um técnico para ensinar a operá-la e a limpá-la. Além disso, comprando uma Italianinha nova, você tem garantia de 12 meses.

O custo de cada casquinha é na faixa de 45 centavos e pode ser vendida a partir de R$ 1,00.

Há duas maneiras de se operar: você pode comprar a calda já preparada (que vem em uma embalagem Tetrapak) ou o pré-mix (uma mistura em pó do sabor e dos produtos necessários) e misturá-lo no açúcar e leite. A opção do pré-mix é um pouco menos prática, mas é a opção mais lucrativa (caso você tenha um local onde possa preparar a calda final).

Vamos ao que interessa da Italianinha: preço

Depende do modelo (P1, P2 ou P3, cada modelo tem uma velocidade de produção dos sorvetes) e depende se é nova ou usada.

Italianinha usada

Há vários lugares onde as pessoas vendem Italianinha usada, como no Mercado Livre.

Lá, você encontra Italianinha a venda, sendo os modelos mais potentes na faixa de 8 a 10 mil reais, semi-novas, mas há modelos mais velhos e simples a partir de R$ 5.500,00. Não precisamos alertar para que você tome todos os cuidados necessários antes de concretizar a compra de algum vendedor por lá, não é?

Além disso, preste bastante atenção: As máquinas compradas financiadas (na fabricante ou no distribuidor) e que não tenham sido quitadas, não recebem assistência técnica. Enfim, antes de comprar uma Italianinha usada, confira se o vendedor quitou o financiamento daquela máquina.

Italianinha nova

A Italianinha nova você compra dos distribuidores.

Uma das vantagens é que vários deles oferecem financiamentos. Você dá 3 mil de entrada e financia o restante (algumas até financiam no cartão de crédito). Às vezes, a própria máquina já paga o financiamento por você!

O modelo P1 custa 9 mil reais à vista (o preço parece tabelado entre os distribuidores). Todos os modelos contam com auto-limpeza (para facilitar a higienização) e conservação noturna (da matéria-prima).

 

P.S.: A Italianinha lançou, há pouco tempo, uma máquina de pão-de-queijo. Mas falaremos sobre esse lançamento em outra oportunidade.

Italianinha, uma máquina de sorvete e de lucro (usada ou nova!)
3.2 (64%) 10 votes
Gostou do post? Melhor do que tudo que você vê por aí?
Receba GRÁTIS, UMA VEZ por mês, nossas super-dicas.

5 comentários em “Italianinha, uma máquina de sorvete e de lucro (usada ou nova!)

  1. Ola, bom dia!

    Apos a aquisiçao da maquina, a matéria prima, quem fornece?

  2. Gostaria de receber mais informações sobre a máquina de sorvete italianinha.

  3. Interessei-me nessa maquina que o valor é de 9.000 reais! Quero informações de como adquiri-la!

  4. Boa noite,eu gostaria de saber mais sobre a compra de uma dessas máquinas ou até mesmo sobre o aluguel das mesmas, pois tenho interesse,como adquirir.

Deixe uma resposta para ailson Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *